25 de janeiro de 2007

Stan Brakhage

Stan Brakhage (1933) foi um pioneiro do cinema experimental. E um dos cineastas mais ativos, realizando em 40 anos de carreira cerca de 380 filmes, de 1954 até pouco antes de sua morte em 2003. Brakhage usou todo tipo de técnica e de interferência nas filmagens e, principalmente, no negativo dos seus filmes. Ele os queimou, riscou, arranhou, descoloriu, pintou, colou diferentes materiais diretamente na película para depois filmá-las, editá-las ou exibi-las. O resultado como podem ver em algum dos exemplos abaixo, vai de um efeito lírico ao hipnótico. Algumas de suas experimentações nos anos 60 eram realizadas através dos filmes documentários, mostrando situações reais, muito pessoais e às vezes constrangedoras para a época, como ele e a mulher fazendo amor, o parto dos filhos ou mesmo a autopsia de cadávres no necrotério público. Veja também abaixo uma entrevista feita com o cineasta. Filmografia Completa.


The Dante Quartet (1987)


The Garden of Earthly Delights (1981)


Desistfilm (1954) Primeiro filme.


Entrevista com Stan Brakhage

Um comentário:

Jorge disse...

Dificilmente será um pioneiro, mas sem dúvida muito importante no meio e fundamental.

Visite o site da Revista Intermídias